COLOMBINA AMADA

di Vera Aguiar Vera Lúcia de Aguiar Goncalves

 


Entre você e eu,
tem algo assim atrevido,
que sabe doer gostoso!
Sabor indefinido, 
hesita,
sonho e amar!
As vezes chamo de amor,
quando penso identificar.
Te percebo quando deito,
te procuro ao me levantar!
Quando vejo em um dia lindo,
amante a desfilar,
tento em formas desordenadas,
você em mim organizar!
Passa o mundo em minha frente, 
disfarçado, 
sem que eu possa ocultar!
Rendendo-me,
linda Colombina,
moça,
mulher amada
e por ti doce Pierro,
abro as cortinas apaixonada.
Vera Aguiar

 

Pubblicato lunedě 11 marzo 2013